­

About Greyceanne Dutra

This author has not yet filled in any details.
So far Greyceanne Dutra has created 21 blog entries.

Participação da CONAQ no Fórum da ONU

A Coordernação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais e Quilombolas (CONAQ) tem espaço garantido no Fórum Político de Alto Nível da ONU. Givânia Silva é o nome da representante da CONAQ, ela estará presente na sessão denominada 'Impacto da COVID-19 e medidas de mitigação nas comunidades quilombolas da América Latina.' O Fórum será transmitido através da plataforma Zoom para diversos países e em vários idiomas, acontecerá hoje, 14 de julho, ao meio dia (horário de transmissão para o Brasil). Para mais informações leia a matéria completa disponível no site da CONAQ (clique aqui).

Por |14/07/2020|Notícias sobre Saúde do Campo e da Floresta|Comentários desativados em Participação da CONAQ no Fórum da ONU

Artigo sobre a perspectiva de médicas e médicos, de territórios rurais, em decorrência da pandemia de Covid-19 é destaque na revista Cadernos de Saúde Pública

O presente artigo intitulado 'A pandemia de COVID-19 em territórios rurais e remotos: perspectiva de médicas e médicos de família e comunidade sobre a atenção primária à saúde', foi divulgado em julho deste ano na revista Cadernos de Saúde Pública. O artigo tem como objetivo mostrar a perspectiva das médicas e médicos de família e comunidade, bem como dos demais profissionais de saúde envolvidos na Atenção Primária à Saúde (APS), de diferentes regiões do país e que atuam e têm experiências com populações do Campo, Floresta e das Águas; o intuito é mostrar os desafios e um panorama de propostas de atuação a partir da atuação das condições da APS. Para ler o artigo completo em PDF clique aqui. ou acesse o site da revista Cadernos de Saúde Pública.

Por |13/07/2020|Notícias sobre Saúde do Campo e da Floresta|Comentários desativados em Artigo sobre a perspectiva de médicas e médicos, de territórios rurais, em decorrência da pandemia de Covid-19 é destaque na revista Cadernos de Saúde Pública

Faça sua feira em uma feira agroecológica!

As feiras livres são locais onde, além da comercialização de produtos, a interação de saberes popular e alimentar estão presentes. As feiras agroecológicas são de suma importância pois, além de conter os elementos citados acima, elas comercializam e funcionam como um canal direto entre o produtor e o consumidor. A feira agroecológica comercializa alimentos que são oriundos da Agricultura Familiar, são vendidos por um preço justo e sem veneno. Com o início do isolamento social, devido a pandemia da Covid-19, as feiras tiveram que parar seu funcionamento normal e se adaptar à novas regras para continuar vendendo seus produtos. Assim, cooperativas e feiras de Fortaleza adotaram o sistema de entregas para continuarem fornecendo seus produtos, alguns locais até permitem que se faça retirada dos produtos na sede da cooperativa. Entretanto, mesmo com as retiradas, os produtos precisam ser encomendados por meio de plataformas on-line, aplicativos de mensagens, entre outros, disponibilizados pelas próprias cooperativas. Segue aqui a lista de Instagram das cooperativas que estão com este serviço: @centrofreihumerto @feiranoparqueorganicos @feiracaroa @ecoboxce @lafeiraorganica @sitiotanques @sitio_mangueiral Caso você conheça outras iniciativas compartilhe conosco.

Por |7/07/2020|Notícias do Observatório|Comentários desativados em Faça sua feira em uma feira agroecológica!

Tecendo Redes de Experiências em Saúde e Agroecologia

O seminário virtual que ocorrerá na próxima terça-feira (07 de julho), organizado pela Fiocruz, Associação Brasileira de Agroecologia (ABA) e Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), marca o lançamento de um instrumento de coletas de dados para a identificação das experiências em Saúde e Agroecologia no Brasil e na América Latina. A sistematização e mapeamento das experiências estará disponível na plataforma do Agroecologia em Rede (AER). Segundo a ABA, o lançamento contará com a presença de Aparecida Vieira (Tantinha) – Ervanário São Francisco/MG e Articulação Pacari, Denise Oliveira e Silva – coordenadora do Observatório Brasileiro de Hábitos Alimentares (OBAH)/Fiocruz Brasília, Marco Menezes –  Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde (VPAAS)/Fiocruz e Paulo Petersen – ASPTA, ANA e ABA-Agroecologia e será transmitido pelas redes sociais da ABA-Agroecologia e pelas organizações parceiras desta iniciativa. O Seminário Virtual transmitido pelo Facebook e Youtube da ABA-Agroecologia https://www.facebook.com/AssociacaoBrasileiraDeAgroecologia Assista ao vídeo de chamada para o seminário clicando aqui.

Por |3/07/2020|Notícias sobre Saúde do Campo e da Floresta|Comentários desativados em Tecendo Redes de Experiências em Saúde e Agroecologia

Vigilância Popular da Covid-19 em Comunidades Tradicionais

Em meio ao crescente número de casos da Covid-19 em Comunidades Tradicionais, povos do Campo, Floresta e das Águas, iniciativas foram criadas a fim de monitorar o número de casos entre as populações atingidas. Desta forma, várias instituições de articulação criaram plataformas on-line de forma colaborativa para trazer mais informações atualizadas de como se prevenir do vírus, informar números de casos, óbitos, entre outros. Assim, foi criado o Observatório da Covid-19 nos Quilombos, uma realização da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ) com o Instituto Socioambiental. Também foi criada a Quarentena Indígena, plataforma da iniciativa realizada de forma colaborativa por organizações indígenas e indigenistas.  E o Grupo Observatório dos Impactos do Coronavírus nas Comunidades Pesqueiras, que partiu de uma iniciativa de pescadores, pescadoras, pesquisadores e ativistas que reúnem informações, boletins, em seu blog através de levantamentos feitos por meio de questionários on-line. Caso você conheça outras iniciativas criadas em meio a pandemia, entre em contato com o nosso portal e compartilhem.

Por |24/06/2020|Notícias sobre Saúde do Campo e da Floresta|Comentários desativados em Vigilância Popular da Covid-19 em Comunidades Tradicionais

Covid-19 em povos do campo, florestas e das águas: um cordel em vídeo

A Covid-19 rapidamente se espalhou por todo o Brasil, e cada vez mais avança nas comunidades rurais. É válido salientar que cuidados básicos, mas importantes, como lavar sempre as mãos e sempre que possível ficar em casa para continuar se protegendo contra o vírus fazem toda a diferença. O cordel deste vídeo foi produzido por Anselmo Sousa, e conta com a ilustração de Isabella Chrisostomo. É uma realização da CTP, CPP, Cimi, Cáritas SPM e PJR. Para ter acesso ao conteúdo basta clicar aqui.

Por |23/06/2020|Notícias sobre Saúde do Campo e da Floresta|Comentários desativados em Covid-19 em povos do campo, florestas e das águas: um cordel em vídeo

Coronavírus nas comunidades pesqueiras

O Grupo Observatório dos Impactos do Coronavírus nas Comunidades Pesqueiras, coleta e divulga atualizações sobre o número de pescadores contaminados com a COVID-19, casos suspeitos e número de óbitos. O grupo faz a coleta dos dados epidemiológicos dos pescadores por meio de formulários on-line ou por aplicativos de mensagens. Caso sua comunidade esteja atingida pelo vírus, informe-os através do site https://observatoriocovid19pescadores.blogspot.com/p/blog-page.html. Lá há um formulário para preencher e assim os dados serem coletados.

Por |9/06/2020|Notícias sobre Saúde do Campo e da Floresta|Comentários desativados em Coronavírus nas comunidades pesqueiras

Boletim diário de pescadores

O Grupo Observatório dos Impactos do Coronavírus nas Comunidades Pesqueiras, trouxe na Edição 79 do boletim diário de pescadores, novas atualizações sobre o número de pescadores contaminados com a COVID-19, casos suspeitos e número de óbitos. O grupo faz a coleta dos dados epidemiológicos dos pescadores por meio de formulários on-line ou por aplicativos de mensagens. Ainda nesta edição estão presentes pautas dos movimentos sociais e links para ter acesso a matéria completa das mesmas. Para ter acesso ao documento em PDF basta clicar aqui.

Por |9/06/2020|Boletins, Notícias sobre Saúde do Campo e da Floresta|Comentários desativados em Boletim diário de pescadores

Projeto Paulo Freire + Saúde em rodas de conversa: Povos do Semiárido em tempos de COVID-19

Nesta quinta-feira, dia 04 de junho, tem uma roda conversa muito boa sobre essa danada, a COVID-19 e como nós, povos do semiárido, podemos nos proteger. Nesta primeira edição teremos a participação de 4 mulheres arretadas, misturando conhecimentos científicos e populares para a gente não vacilar. O papo vai ser muito bom, porque você também poderá participar. É muito simples: se você tem acesso à internet, basta clicar, no dia e horário, no link do Google Meet (abaixo) ou acompanhar a transmissão no Facebook da SDA (@sdaceara). A conversa vai ser nesta quinta-feira, às 3 horas da tarde.Fica combinado?!? Google Meet: https://meet.google.com/mga-jkdy-ink O ‘Projeto Paulo Freire +Saúde - Em Rodas de Conversa (digitais)’ é uma parceria da Escola de Saúde Pública do Ceará com a Secretaria do Desenvolvimento Agrário, por meio do Projeto Paulo Freire.Uma realização do Governo do Estado do Ceará, com o apoio do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

Por |4/06/2020|Notícias sobre Saúde do Campo e da Floresta|Comentários desativados em Projeto Paulo Freire + Saúde em rodas de conversa: Povos do Semiárido em tempos de COVID-19

Nota de pesar de Amâncio Ikõ Munduruku

Fiocruz lamenta a morte de Amâncio Ikõ Munduruku A Presidência da Fiocruz e a Direção da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp) lamentam a morte de Amâncio Ikõ Munduruku, ocorrida ontem (2). Amâncio tinha 60 anos e vivia na comunidade Praia do Mangue, em Itaituba (PA), e teve um papel importante na construção da Associação Indígena Pahihi'p, que representa as aldeias do Médio Tapajós, e da educação indígena na região. Amâncio vinha apoiando, em nome da Associação Indígena Pahihi'p, o trabalho de campo de uma equipe multidisciplinar coordenada pelos pesquisadores da Ensp Marcelo Firpo, Paulo Basta e Sandra Hacon, desde o segundo semestre de 2019. Os  pesquisadores desenvolvem pesquisas sobre os impactos socioambientais e a saúde do garimpo de ouro na região, e o convívio com Amâncio, por seus conhecimentos e sabedoria, vinha sendo fundamental para o diálogo intercultural com o povo Munduruku. Os Munduruku, assim como os Yanomami e outras etnias, têm sofrido com o garimpo em suas terras. Com a pandemia de Covid-19, tais atividades intensificam os riscos de contaminação e aumentam a vulnerabilidade dos povos atingidos. Somente nos últimos dias, quatro outros Munduruku faleceram em função do novo coronavírus: Vicente Saw (71 anos), Jerônimo Manhuary (86 anos), Angélico Yori (76 anos) e Raimundo Dace (70 anos). A perda representa um importante impacto sobre a cultura e a luta dos Munduruku, pois mais do que lideranças, eles eram guardiões da memória e das tradições de seu povo. A Fiocruz expressa sua solidariedade à família de Amâncio, ao povo Munduruku e a todos os povos indígenas nesse grave momento de pandemia e assume o seu compromisso em defesa da saúde de todos os brasileiros. Para acessar o vídeo de homenagem a Amâncio [...]

Por |3/06/2020|Notícias do Observatório|Comentários desativados em Nota de pesar de Amâncio Ikõ Munduruku